TOP 10 – Chicletes Antigos (por Alexandre Oliveira)

Como toda criança nascida nos anos 80, tive o privilégio de experimentar dezenas de chicletes, ou gomas de mascar, ou ainda, como da maneira mais clássica de se dizer, chiclé de bola. Do azedo ao doce, do pó ao líquido, dos difíceis de mastigar aos macios que grudavam nos últimos molares, quase todos em oferta no mercado passaram por estes 32 dentes. Não era tão fácil, como hoje em dia, ter acesso a todos eles – alguns só eram encontrados em importadoras, a preços salgados. Vamos ao top 10, em ordem decrescente.

#10. Chicletes Mini (Adams)

Visualmente espetaculares, mas só colocando vinte na boca pra começar a sentir o gosto. De toda forma, um dos mais clássicos e marcantes!

#9. Ping Pong

Dos básicos, o melhor. O gosto era inconfundível. Figurinhas marcavam mais do que o chiclete. Era melhor que o Ploc, apesar da edição “2 sabores em 1″ dos anos 90 (morango com abacaxi, hortelã com uva e tutti-fruti com laranja) e das figurinhas Transfix do Ploc matarem a pau! Mas ganha, pelo sabor, o Ping Pong.

#8. Huevitos

A simpática caixinha acabava rápido comigo. O azul era ótimo!

#7. DinOvo

O formato e o sabor eram excelentes! A casca era até “crocante”, fazendo jus ao formato de ovo. Deixou saudades!

(Nota do Blógue: pode ser uma vergonha, mas esse é o único da lista que eu não lembro de jeito algum haha)

#6. Freshen-up de canela

Esse era importante pra se sentir quase um adulto. Matava a pau e dava aquela refrescância de estar chupando um Halls preto. Indispensável para festas noturnas da puberdade, onde nos preparávamos (perfume + Freshen-up de canela + gel no cabelo) para ficar com a menina mais linda, mas acabávamos sempre em alguma brincadeira idiota de meninos.

#5. Bubbaloo

Principalmente uva, morango, tutti-frutti, cereja e melancia. Ah! E o de banana. Eram os mais caros dos baleiros ambulantes, mas ainda sim mais baratos que os importados do shopping. E a propaganda do Bubbaloo banana (Link Safado) com seu jingle inesquecível?

#4. Azedinho Doce

Apesar de não ser fã do formato, o sabor azedinho valia a aventura!

(Nota do Blógue: Chiclé Azedo é o que pega)

#3. Máquinas de moeda de 25 centavos

Todo e qualquer chiclete da modalidade entra no top! Até o de pipoca era ótimo. Aos belo-horizontinos, a loja “Sweet Sweet Dreams” do BH Shopping teve importante papel, pois podíamos comprar a granel e burlar o sistema!

(Nota do Blógue: Aposto que pegando a granel não tinha metade do sabor de pegar da máquina haha)

#2. Bolin Frutas

Só não gostava do de pêra, por isso escolhia a dedo antes de comprar (vinham dois na embalagem). Malditos sejam os chicletes de pêra!

(Nota do Blógue: Cara, esse era meu favorito, chiclete tr00 e bruto demais de bom. o de pera eu achava bom, pra falar a verdade…)

#1. Chicletes em formato de esparadrapo, pasta de dente, Band-Aid ou em pó


O sonho de qualquer criança! A fabricante americana Wrigley dominava a área. Aos amigos belo-horizontinos, a loja “Sweet Sweet Dreams” era novamente nosso harém. Custavam um horror, mas uma vida com chiclete de pasta de dente era certamente muito mais emocionante.

Menção Especial 1: Puajj!!

Aqueles super ácidos ou com sabor pimenta. O gosto final era docinho, excelente! E geravam uma grande sociabilização, já que muitas vezes você comprava só pra ferrar um amigo, e acabavam rindo juntos no final!

Menção Especial 2: Bolete e Samblue

Os híbridos Bolete (a bala-chiclete!) e o pirulito Samblue, aquele que deixava a língua azul, possuíam chicletes bem açucarados, sabor tutti-frutti, como recheio. Dominavam o mercado dos híbridos. Eu muitas vezes mastigava fervorosamente as balas Bolete só pra chegar rápido no chiclete!

(Nota do Blógue: Fantástico!)

Menção Especial 3: Chicletes sabor Coca-Cola

Chegaram a lançar uma versão de Bubbaloo sabor Cola, mas não, me refiro aos extraordinários precursores, os chiclés borrachudos de Cola, vagabundos, uma raridade. Na falta de uma imagem deles, já que nem o Google ajudou, vamos de Bubbaloo mesmo.

P.S. 1: Nenhum chicletes de caixinha entra na lista. Abaixo os chicletes de caixinha!

P.S. 2: Nunca consegui fazer bola de chiclete e este infortúnio segue me afetando psicologicamente até a data de publicação deste post.

P.S. 3: Não farei um ranking de chocolates porque o Surpresa é vencedor fácil!

Comentem!

Sobre Jespinho

Sub-Sub-Sub-Celebridade, Ranzinza, Resmungão, Puto, Apreciador/Pseudoentendedor de Cerveja, Apreciador de Futebol e Basquete Pragmático. Um dos piores guitarristas que você verá na vida... Entusiasta de Desafinadas nos Karaokes da Liberdade.
Esse post foi publicado em Random, TOP, Top 10 e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para TOP 10 – Chicletes Antigos (por Alexandre Oliveira)

  1. Pingback: Retorno a Nefandagem | Nefandagem de Jespão / Cantinho Vadio 2.0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s