NBA Draft 2012: “Análise”

Pontos de vista lamentáveis e comentários tendenciosos são comigo mesmo, então aproveitando que ainda to com vontade de postar nisso e hj teve o Draft da NBA (sem 1st round pick pro Jazz, mó azar), falarei besteiras de alguns picks principais (obviamente tendenciosos e com coração)

1. Anthony Davis (Kentucky) – NO Hornets

Escolha mais que obvia, qualquer um consegue ver que o cara é especial. Dominou absurdos no College e tem um potencial gigantesco pra ser um dos grandes nomes da NBA pros próximos anos. Vi gente dizendo que ele seria o “Novo Duncan”, mas calma lá também né….

Tem muita qualidade no garrafão defensivo (muita MESMO), mas não boto muita fé no arsenal ofensivo, tem que melhor bastante os seus post moves se quiser ser uma ameaça de fato. Porém, agora ele tá num time que já tem Eric Gordon, não precisa ser aquela ULTRA ameaça ofensiva logo de cara (e tomar cornetadas da geral) hehe.

2. Michael Kidd-Gilchrist (Kentucky) – Charlotte Bobcats

Olha… MKG é um cara fantástico: Dá o sangue em quadra, é um líder e trabalha duríssimo e… é isso. Pode até ser “NBA ready” segundo alguns, mas não tem uma presença ofensiva que se destaque e é um bom defensor, mas também não acho a defesa dele coisa de outro mundo.

Claro que jogadores raçudos são fundamentais em um bom time, mas… não consigo aceitar pick de um jogador assim na segunda escolha, ao menos não no ano que tem Thomas Robinson nesse slot. A cara do MKG ao ser escolhido pelo Bobcats também foi fantástica, o puro creme do desgosto.

Tenho um sincero MEDO que ele se torne um Corey Brewer da vida.

(mas é bom escrever uma coisa dessas, pq dai chega no fim da temporada, ele tem uma transição absurda na NBA e vira ROY pra me deixar com cara de paspalho haha)

3. Bradley Beal (Florida) – Washington Wizards

Bom jogador, consegue criar seus arremessos, sabe infiltrar e tem bom jump/outside shot, mas é aquela coisa… Sendo o Wizards, tem boas chances de tudo dar errado.

A Backcourt J-Wall / B-Beal tem boas chances de funcionar (ao menos na teoria): Uma das coisas que mais irrita no Wall é o seu Jump Shot patético (fora o seu lado fome e decisões horríveis pra um cara que quer ser um PG top), agora ele tem um cara ao seu lado pra fazer isso.

Wizards tá confiante no Emeka / Nene / Vesely em sua frontcourt pra não pegar o Thomas Robinson? Anyway, se bobear o Bradley Beal se garante como o maior pontuador entre os rookies.

4. Dion Waiters (Syracuse) – Cleveland Cavs

Essa foi a pick que me deixou com cara de “WHAT THE FUCK?

Não pegar o Thomas Robinson até que faz certo sentido, já que ano passado pegaram o Tristan Thompson que mostrou um certo potencial, mas nesse caso eu juraria que eles iriam de Harrison Barnes (inicialmente eles provavelmente iriam de MKG).

Mais um caso que o time aposta em fazer uma backcourt com seus grandes nomes, nesse caso: Kyrie Irving e Dion Waiters. O Ideal seria ter o Kyrie Irving com o Bradley Beal, mas tudo bem.

(Talvez não pickaram Harrison Barnes pra dar mais espaço pro MITO Luke Walton)

Ainda assim… WHAT THE FUCK?!

5. Thomas Robinson (Kansas) – Sacramento Kings

Sinceramente: Thomas Robinson na escolha 5 já pode ser considerado um belíssimo de um steal. Baita jogador, melhor reboteiro do Draft e provavelmente o mais NBA Ready fisicamente.

Mas aí vem os problemas (ou não tão problemas): o Sacramento Kings é um apanhado de jogadores de grande talento e cérebro de minhoca. DeMarcus Cousins + Robinson pode ser um dos melhores frontcourts da NBA em termos de potencial, mas o DeMarcus é UMA ANTA. Some isso as wings e guards e você tem uma gigantesca várzea.

Tyreke Evans é um baita jogador, mas sempre me passa a sensação de ser ególatra. Thornton é um cara bizarro, tem qualidade até… mas é TOSCO, fominha demais e sinto que a presença dele atrapalha qualquer time (e ele engana quem só vê os números). Não sei se o Salmons ainda joga essa temporada, mas esse é outro lamentável que não adiciona lhufas.

Poderia ser o Rookie of The Year, mas nessa várzea, não sei se aposto nisso. Kings é patético.

Pick #6 Lillard (Weber) – Blazers

– Mais um que vai acabar de uma maneira bizarra via Karma do Blazers. (e sinceramente? não me agrada, sou fã de pass-first guard)

Pick #7 Harrison Barnes (UNC) – Warriors

– Karma is a fuckin’ bitch, então fica minha torcida pro Harrison ser um gigantesco bust, só pro Warriors (time ridículo e arregão) aprender que tank the season do jeito que eles fizeram gera azar eterno.

Pick #9 – A. Drummond (UConn) – Pistons

– O maior boom-or-bust do draft, sua empolgação com basquete me lembra o tesão que o Douglas (Corinthians) joga futebol.

Pick #12 – J. Lamb (UConn) – Raptors

– Decepção pessoal, a temporada dele foi ridícula,  sua paixão pelo esporte também questionável. Tem TALENTO.

Pick #13 – Kendall Marshall (UNC) – Suns

– Meu favorito. Não é o melhor, mas é o que mais me agrada. Armador Puro. Vai seguir a escola de Kidd e Nash no Phoenix Suns, torço pra que consiga uma carreira com qualidade próxima destes dois, seria de ótimo tamanho.

Pick #21 – Jared Sullinger (Ohio) – Celtics

– Baita dum azar que tenho sido red-flagged por problemas nas costas, certamente seria jogador Top 10. Se esses problemas físicos não atrapalharem muito, tem tudo pra ser um baita de um steal pro time de Boston. Melhor footwork de todo draft, QI de basquete também elevadíssimo e isso compensa que seu lado atlético (e defesa) não é dos mais fantásticos.

Tem toda minha torcida, meu favorito do Draft ao lado de Kendall Marshall

Pick  #22 – Fab Melo (Syracuse) – Celtics

– Torceremos pelo brasileiro Fab Melo. Pivozão defensivo e meio tosco, mas tem um baita potencial e caiu num belo time. Mas pq um belo time?

Se Garnett ficar pra mais essa temporada, o Fab Melo vai tomar tanta bronca do Big Ticket que vai criar juizo na vida e treinar cada vez mais forte pra se desenvolver.

Considerações finais

Fiquei chateado mesmo do Scott Machado não ter sido draftado, além deste detalhe é uma escolha do Jazz que não sei exatamente o que achar. Os outros times do Oeste parecem ter todos se fortalecido enquanto o Jazz apenas conseguiu observar nesse draft.

Post ficou gigante e chato, mas tudo bem, quem sabe meia duzia lê hehe

Sobre Jespinho

Sub-Sub-Sub-Celebridade, Ranzinza, Resmungão, Puto, Apreciador/Pseudoentendedor de Cerveja, Apreciador de Futebol e Basquete Pragmático. Um dos piores guitarristas que você verá na vida... Entusiasta de Desafinadas nos Karaokes da Liberdade.
Esse post foi publicado em Basquete e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para NBA Draft 2012: “Análise”

  1. Roberto disse:

    Olha Carlos…é Carlos, né?

    Grande perCa a não escolha do Scogtt. Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s