Random Thoughts da Madrugada – Basquete

Via pedido de Roberto Piantino: algumas considerações randômicas de basquete, destacando o amistoso Brasil x Estados Unidos que rolou algumas horas atrás + algumas besteiras

Brasil 69 x 80 Estados Unidos

Colocação obrigatória logo de cara: Marcelo “Crazy Shooter” Machado, Guilherme Giovanonni e Raulzinho NÃO são jogadores pra se utilizar na rotação contra um time como os Estados Unidos, claro que hj foi um amistoso, mas num jogo PEGADO, não tem como dar mtos minutos pra esses caras. É bem sabido que não gosto de Marcelo Machado, que teve sua importância no pre-olimpico, mas tem hora que sua “seleção” de arremessos beira o absurdo, não tem como não ficar puto.

Colocação 2: Coach K deve ter visto que Carmelo Anthony e CP3 não podem ser titulares do Team USA. Carmelo FEDE. CP3 dá até pra considerar um pouco, mas de boa… Deron Williams é muito mais jogador (e olha que não morro mais de amores pelo armador de Illinois).

Colocação 3: Marcelinho Huertas é um BAITA de um ídolo, o grande nome dessa geração do Basquete Brasileiro e reanimou de assistir a nossa seleção. Torço muito pra que ele consiga trazer a medalha pra gente e não fique com aquele estigma mala de “grande jogador, mas que não conseguiu nada pela seleção”

Colocação 4: Nosso garrafão é sensacional, imagina se Hett pudesse ir pros Jogos Olimpicos em vez de Caio… E é sensacional mesmo com o Nene meio baleado. Só faltava ter o GRANDE MITO BABY ARAUJO ou FAB MELO, este último bancado por sua GRIFE.

Colocação 5: Leandrinho é um grande atleta, mas é um cagão. Varejão é um cara sensacional e carismático, joga com uma baita duma raça e é um defensor bom, mas ofensivamente as vezes é de doer.

Colocação 6: Acredito numa medalha.

NBA (Mentira: UTAH JAZZ… ou não)

Jazz 1: É legal ver a troca de Devin Harris por Marvin Williams. Sinceramente, Devin Harris nunca me agradou como armador no Utah Jazz e mesmo Marvin Williams sendo um jogador que nunca vi a mínima graça (exceto na vez q ele tomou um chega pra lá do MITO BABY…), é bem atlético e não é um shooter ruim, logo é um upgrade.

Jazz 2: A aquisição do Mo Williams é OK. Não sou entusiasta dele, inclusive até acho que muitas vezes ele é superestimado, mas se é pra ter um armador que não arma lhufas, antes ter um que ao menos tem um arremesso bom (chega de sofrer com a inconstancia do Devin Harris)

Jazz 3: Kevin Murphy é altamente “?” pra mim. Não tive a chance de ve-lo em ação na NCAA, por isso ainda preferia que o Jazz tivesse mitado e escolhido SCOTT MACHADO, armador pass-first, além disso, aumentaria as chances de transmissões do Utah Jazz no Brasil (sim, ja disse que sou tendencioso).

NBA 1: Torcerei contra Steve Nash, mesmo gostando dele. Não gosto de Lakers.

NBA 2: Scott Machado jogando bem na Summer League é animador.

NBA 3: O retorno de Brandon Roy é interessante, espero que ele não foda ainda mais seu joelho e que tenha um desempenho aceitável.

NBA 4: Os “Super Times” são UM PORRE, desanima até de ver NBA, pra falar a verdade.

É isso. abs

Sobre Jespinho

Sub-Sub-Sub-Celebridade, Ranzinza, Resmungão, Puto, Apreciador/Pseudoentendedor de Cerveja, Apreciador de Futebol e Basquete Pragmático. Um dos piores guitarristas que você verá na vida... Entusiasta de Desafinadas nos Karaokes da Liberdade.
Esse post foi publicado em Basquete, Random e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s