Nerd Time: Top 10 – Jogos de Mega Drive

Faz tempo desde o último Top Nerd de videogame, por sinal… foi no começo de Julho com o Underrated Video Game Music, então vamos resgatar esses Tops nefandassos, legais e nerds com um dos consoles mais legais OF ALL TIME, o Mega Drive (cá entre nós… os consoles 16-bit foram os mais marcantes, pelo menos pra quem tem mais de 20 anos ou não começou direto nos playstation da vida).

Aposto que pelo menos um dos jogos da lista, VOCÊ já baixou pra jogar no emulador (e se não fez isso, devia ter vergonha, pq são jogos fantásticos), rumo a nefandagem (tem alguns clichês que não deu pra evitar, assumo):

PS: Não colarei os links de Roms, google taí pra isso😛
PS2: Se algum jogo interessar, os gameplays vocês tb podem caçar no youtube HAHA

10. Quack Shot

Primeiro: Pato Donald é muito da hora (mano… o bicho é absurdamente resmungão, tem como não rolar um mínimo de identificação?) e, sinceramente, acho o Mickey um baita dum bundão sem graça (mas ele garantiu melhor posição no Top still). Quack Shot tem uma mistura de Adventure com Plataforma e até uns leves toques de quests… tudo isso com uma jogabilidade divertidíssima e um clima Indiana Jones no meio, não tem muito como dar errado.

9. Strider

HELL YEAH! Um dos jogos mais Hard Core da era 16-bit, Strider continua sendo um jogo embaçado, FRENÉTICO e repleto de fúria com o MITO Strider Hiryu (sem dúvida um dos personagens mais legais da CAPCOM OF ALL TIME… e olha que a Capcom tem uma cacetada de personagens carismáticos e queridoes da galera). Não faço a mínima ideia da história por trás do jogo, mas nem precisa, é muito lindo.

Ah! E claro que é mor legal utilizar Strider nos jogos de luta (crossovers), digo… ao menos era no Marvel x Capcom, pq no Ultimate Marvel x Capcom achei que tiraram um pouco da apelatividade do garotão.

(Nota: queria colocar a capa do jogo, mas puts… ela é mó zoada haha, fica esse screen safado mesmo)

8. Streets of Rage 2

PORRADA! O Estilo Beat’em Up era um dos meus favoritos quando era moleque (quando eu era ainda mais novo eu já achava o Double Dragon do Master System um trem absurdamente fantástico haha), aliás… não só quando eu era moleque, pq Beat’em Up continua legal… Eu gosto de Hack’n’Slash (Devil May Cry weeeee :P), mas Beat’em Up era mais charmoso, mesmo também sendo uma bela amassada de botões.

Streets of Rage foi um grande símbolo do estilo e continua sendo um jogo bem divertido, pena que não da pra rolar uns online plays cooperativos com os amiguinhos (ou dá? se souberem, me avisem haha)

7. Phantasy Star IV

AQUI É RPG MERMÃO. Tá, mesmo aqui sendo RPG, mermão… mas mesmo assim, resolvi deixar esse clássico na sétima posição. O jogo é sensacional, a boa e velha fórmula do RPG por turnos, com um monte de coisa pra fazer (ainda mais considerando que não era uma época de espaço gigantesco pra meter coisa tipo hj em dia… que aproveitam de maneira tosca as vezes, diga-se haha)…

Mas já vi muita gente overrateando esse jogo, dizendo que é melhor que os Final Fantasy em SNES… pfff PS IV não é melhor que Final Fantasy VI NEM A PAU, tudo bem que o jogo é bom, mas não dá nem pra comparar o gameplay, o carisma dos personagens, a história e a trilha sonora.

6. Kid Chameleon

Kid Chameleon foi um dos jogos mais interessantes de Mega Drive… era imenso (sério… não se esquecem que essa época era de jogador hardcore e moleques sem noção, não de leite com pera cheio de Saves e afins) e a jogabilidade era fantástica…

Voltando ao imenso: Eram MUITAS FASES e muitas possibilidades, calcadas tb nas máscaras do personagem, que se transformava em várias opções (meio na cara isso né… já que ele é o KID CHAMELEON haha). Sério, se você procura um desafio legal e não quer ficar puto com Alex Kidd In Miracle World SEM Save State, Kid Chameleon é uma BAITA duma pedida.

5. Castle Of Illusion

Jogo MUITO LINDO. Nunca fui entusiasta do Mickey, como já citado acho ele um baita dum personagem bunda mole, mas Castle of Illusion é um jogo absurdamente BONITO (sério, MUITO BONITO MESMO, ainda mais considerando que foi lançado em 1989) e marcante por sua bela jogabilidade viciante e considerável dificuldade. Ah! A trilha sonora é ARRASA QUARTEIRÃO, e olha que não sou grande entusiasta dos sons no Mega Drive.

Saiu depois o World of Illusion, que por mais que seja um jogo bom, não chega aos pés do Castle… e bah, danou-se, to com a trilha sonora desse jogo na cabeça!

4. Moonwalker

Filme Clássico e Jogo clássico, fica até difícil escrever muito mais que isso… mas vale lembrar que na primeira fase já rolava SMOOTH CRIMINAL, com o Michael Jackson (RIP) mandando sua moeda na Jukebox… tem como um jogo desse dar errado? Ainda mais se eu lembrar que tinha a fase de Beat It (troço absurdo) e de Thriller, fantástica… se bobear a melhor do jogo inclusive.

A Trilha Sonora, como notável, não tem erro também, um clássico, se você não sabia da existencia desse jogo… devia ter vergonha.

3. Sonic The Hedgehog 2

Tá, o TOP 3 acabou sendo mais clichê que eu gostaria, mas não deu pra deixar de fora o porco espinho mais querido do mundo e simbolo máximo da era aurea da SEGA (e provavelmente o MELHOR jogo do Mega Drive). Sonic 1 já tinha sido um jogo maravilhoso, simplesmente um dos jogos mais famosos e queridos de todos os tempos pra qualquer gamer (mesmo sendo NINTENDISTA, aliás… é fantástico lembrar que nessa época a rivalidade Nintendistas x Seguistas era realmente grande, não a coisa tosca de hj em dia de “ai meu ps3 é melhor que seu xboca, ou o mimimi inverso”).

Se o 1 já tinha sido um BAITA de um jogo, os caras conseguiram fazer ficar ainda melhor, mundos lindos e a adição do queridíssimo Tails, dando um toque a mais no Gameplay (2 players!)… Uma pena que os jogos seguintes tenham fracassado (e sinceramente… faz sentido, o jogo com o Knuckles já era bem mais fraquinho), mas agora Sonic voltou nessa nova geração, mas não cheguei a jogar, é bom?😛

2. Altered Beast

Velho… é um jogo na Grécia Antiga que você é um Centurião que foi trazido de volta a vida por Zeus (“Riiiiiise from your graaaave” hahaha) pra Resgatar Atena, tudo isso com a ajuda de POWER UPs que faziam você se transformar em uma fera (AUER Á!). Tem como um negócio desse não ser legal?

Beat’Em Up de primeiríssima linha, e não tem a saraivada de botões e combos bizarros de hj em dia, é CHUTE, SOCO E PULO (ou os golpes especiais, quando você tá no estado de FeRaH BaTeH 10). Não dá pra ficar falando muito como no caso do Sonic 2, mas é um jogo que marcou absurdamente (sério, quem nunca jogou… esse realmente é um DEVER DE CASA até…) e como bom tendencioso coloquei na frente sem sentir grande culpa haha.

(chegou a sair um Altered Beast pra PS2, mas deve ser uma grande porcaria né?)

1. Golden Axe

CLÁSSICO ABSOLUTO ETERNO E FODALHÃO, é o melhor jeito de se introduzir esse clássico do Mega Drive. Não duvido que JOEY DEMAIO também considere Golden Axe o melhor jogo do Mega Drive… aliás, não duvido que Joey DeMaio considere Golden Axe o melhor jogo de todos os tempos, todo aquele clima de mundo Medieval-Barbaro-Steel-Warrior-Blood-Sword-Metal-or-no-metal-at-all-whimps-and-posers-leave-the-hall.

O Vilão Safado é Death Adder, que capturou o Rei  de Yuria e sua filha (pra variar né… vilões adoram capturar filhas alheias… nesse caso, certamente Death Adder fez isso pra transformar a moça em uma PLEASURE SLAVE, depois de ouvir o KINGS OF METAL do Manowar, de 1988). Pra derrotar esse cara você pode usar um Barbaro (podre haha), um Anão ou uma Amazona (apelona)… e como o jogo é legal contigo, tu utiliza magias pra facilitar essa tarefa (O Dragaozão da Amazona é um CLÁSSICO DA APELAÇÃO Beat’em Up).

Joey DeMaio ficaria orgulhoso com o final desse top. E se você não jogou, não decepcione o cara que ficou em PRIMEIRO lugar na lista desse blog safado de Maiores Baixistas que Tocam um Baixo… baixe logo a rom e derrote Death Adder haha

(Colocações Breves: O Golden Axe 2 não é RUIM, mas perto do primeiro passa uma grande vergonha… Adoraria jogar o Golden Axe de PS3, mas deve ser HORRENDO e eu me recuso a comprar uma nefandagem assim haha)

Valeu aí, abs

Sobre Jespinho

Sub-Sub-Sub-Celebridade, Ranzinza, Resmungão, Puto, Apreciador/Pseudoentendedor de Cerveja, Apreciador de Futebol e Basquete Pragmático. Um dos piores guitarristas que você verá na vida... Entusiasta de Desafinadas nos Karaokes da Liberdade.
Esse post foi publicado em Games, Nerdice, TOP, Top 10 e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Nerd Time: Top 10 – Jogos de Mega Drive

  1. Miller Borges disse:

    Hahahahaha, a capa do Strider é mto boa, mesmo! Eu nao conhecia. Aliás, nessa época tinha umas capas muito boas. Gosto muito da do Final Fight do Snes

  2. Mario disse:

    “Riiiiiise from your graaaave” também conhecido pela molecada da época (da qual eu, obviamente, fazia parte) “vaaaaaai senhor coeeei”

  3. Pingback: Top 10 – 16-Bit Video Game Music | Nefandagem de Jespão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s